Buscar
  • ACADEMIA ESPAÇO FÍSICO GV

COMO PERDER GORDURA NA BARRIGA

#ACADEMIAESPACOFISICOGV #EUFACOPARTE #GV


Já sabemos que o excesso de gordura causa diversos problemas de saúde. Mais ainda, a gordura que se acumula na região abdominal, mais especificamente intra-abdominal, é estreitamente associada a diabetes, hipertensão, etc. Portanto, perder gordura, especialmente nessa região é importante para saúde. O que sabemos, no entanto, é que não existe remédio, suplemento e tampouco estratégias que façam isso. Ou seja, esqueça farinha seca-barriga, cintas, cremes, massagens, raio laser, chás, macumba, etc. .

O que parece ser eficiente mesmo é a prática de exercícios, especialmente os de alta intensidade. Em uma revisão recente, Maillard et al. (2018) procuraram verificar se o treino intervalado de alta intensidade (HIIT) traria bons resultados. De acordo com o artigo, havia 39 estudos explorando a temática, 26 usaram ciclismo e 13 corridas. O protocolo mais usado era o de 4 minutos de tiros por 3 de intervalo. Havia também estudos com tiros menores que 1 minuto feitos em intensidade mais alta. Os resultados confirmaram que o HIIT é eficiente em perder gordura, sendo melhores quando a intensidade era alta (acima de 90% da frequência cardíaca máxima) e feitas com corrida. Quando se analisou apenas a gordura do abdômen, o ciclismo ganhou da corrida e os intervalados mais “suaves” levaram vantagens. Indo para a gordura que interessa para saúde, a visceral, a corrida leva vantagem, bem como as formas menos intensas de HIIT. Em todas as análises, não havia diferença nos resultados em homens e mulheres. .

Apesar de a heterogeneidade dos estudos não possibilitar dizer o que é “melhor”, a mensagem que fica para quem deseja emagrecer e/ou perder barriga (seja por questões estéticas, seja para melhorar aspectos cardiometabólicos), é que os exercícios de alta intensidade são uma ótima opção. Então, em vez de passar horas em atividades de intensidade moderadas, comece a pensar na possibilidade de fazer exercícios em que você alterna alta e baixa intensidade.


Por: Paulo Gentil

43 visualizações

© 207 por Laisson D. Pinheio. Orgulhosamente criado com Wix.com